Prótese de Glúteos

Prótese de Glúteos

As próteses glúteas apresentam volumes e formas variadas. A colocação do implante é feito através de uma incisão no sulco entre os glúteos, acima do cóccix e colocada dentro do músculo grande glúteo que protegerá a mesma.

Há dois procedimentos plásticos para o aumento dos glúteos que são a lipoenxertia ou lipoescultura e o implante de prótese glútea de silicone. Toda candidata a cirurgia de aumento dos glúteos deve procurar um cirurgião plástico para avaliação individual do seu caso “em particular” e discutir qual será a melhor maneira para alcançar o resultado desejado. Isso porque o seu tipo físico, aspecto anatômico apresentado pela região glútea, grau de flacidez da região e grau do volume necessitado influirão na escolha do procedimento mais adequado ao caso. Como tudo na vida há de se considerar também as limitações.

A vantagem da prótese glútea sobre a lipoenxertia está no fato desta proporcionar maior volume à região e ter resultado duradouro. Entretanto, o aumento produzido por ela limita-se à zona superior do bumbum, logo acima da linha de pressão ao sentar-se em uma cadeira.

Caso haja flacidez associada ao reduzido volume das nádegas, com dobras de pele nos sulcos juntos à raiz das coxas, é possível que o cirurgião necessite retirar um pouco de pele no sulco para melhorar o resultado da gluteoplastia. Também há casos em que a lipoescultura em culotes, quadris e face interna de coxas pode ser associada à colocação de prótese nos glúteos com bom resultado estético para o conjunto. Tudo isto deve ser bem avaliado e discutido pelo cirurgião com a paciente.

A lipoenxertia por sua vez tem a desvantagem de sofrer absorção de parte da gordura infiltrada na região com o tempo. Por isso é mais indicada quando há necessidade de preenchimento de pequenas áreas de depressão (laterais dos glúteos, depressões deixadas por injeções furúnculos, traumas, etc), ou para dar pequeno aumento de projeção no bumbum. Em paciente jovem e muito magra ocorre limitação para a realização deste procedimento pela falta de gordura para infiltração e pela maior necessidade de aumento, sendo mais indicada à colocação da prótese de silicone nos glúteos.

A prótese glútea é feita com gel de silicone de alta coesividade, mais espesso e resistente do que as mamárias. Por isso, a sua troca só é recomendada após 20 anos de uso.

Perguntas Frequentes

QUAL A INDICAÇÃO?

Para aumento do volume na região glútea.

QUAL O LOCAL DA INCISÃO E DA CICATRIZ?

A incisão é feita entre as duas nádegas.

LOCAL ONDE A PRÓTESE É COLOCADA?

A prótese glútea é colocada no meio do músculo chamado glúteo maior, mantendo assim a mesma quantidade de músculo atrás e na frente, o que consegue mascarar a presença de uma prótese.

QUAL O TEMPO DE CIRURGIA?

Cerca de uma hora.

QUAIS SÃO OS CUIDADOS NO PÓS-OPERATÓRIO?

– Ter bastante higiene na cicatriz;
– No dia seguinte, o paciente já pode sentar em cima da prótese desde que com cuidado;
– Se houver incômodo ao sentar, deitar-se de bruços;
– Dormir de bruços.

Decúbito
A paciente deve manter o decúbito ventral ou lateral por 7-10 dias, evitando assim pressão direta sobre a prótese.
Ao sentar
Na verdade, não se senta sobre a prótese, uma vez que ela é localizada nos 2/3 superiores da nádega e o peso do corpo na posição sentada é descarregado sobre o terço inferior. Após um mês, não há restrições quanto a se sentar.
Cuidados a longo prazo
Nenhum cuidado especial é necessário com as próteses a longo prazo. O acompanhamento da condição das próteses pode ser feito através de uma simples avaliação por ultrassonografia.

QUAIS AS INTERFERÊNCIAS NA VIDA PESSOAL?

Não há restrição física após a recuperação, que dura cerca de dois meses. Ginástica de qualquer espécie e, qualquer atividade de esporte pode ser feita a partir de dois meses, incluindo esqui, andar a cavalos, esportes radicais, mesmo aqueles onde é previsto quedas.

POSSO TOMAR INJEÇÕES NOS GLÚTEOS?

É contra indicada a injeção intramuscular enquanto se usar a prótese glútea. Porem, é importante lembrar que não existe nenhuma injeção que deva ser dada ao paciente em estado inconsciente quando da sua chegada à uma unidade de emergência, uma vez que todo tipo de injeção para esse paciente deve ser intravenosa.

QUAL A NATURALIDADE DOS RESULTADOS?

Os resultados são bastante naturais, sendo muito difícil palpar a prótese e mais ainda é difícil “vê-la”.